domingo, 27 de junho de 2010

Xanéu nº5.

Andei comparando a minha vida com uma televisão. Viro noites passando os canais, procurando alguma programação que contenha você, mas não encontro nada além das mesmas besteiras de sempre; milagres de pastores, game shows e atores globais falando de suas comédias românticas em cartaz.

Acorrento meus pés em um conhecido e nostalgico canal de música. Nele, procuro alguma música que me lembre você. Não funciona. Em meio a tantas melodias, escuto um piano mal tocado que há muito já desafinou. O som, desajeitado, alimenta-se do meu coração partido.

Em meio a tantas vozes, tento encontrar a sua. Não funciona. Encontra apenas uma voz antiga (nem um pouco nostálgica) que já perdeu o tom. Só encontro vozes antigas, repetidas e que me fizeram mal, quando tudo que quero é encontrar uma voz que me traga novos ventos, novas emoções, novos prazeres, novos sentidos.
Cadê você, guria?

-

Ando falando muito de música.
Talvez seja essa a plenitude que sempre procurei.

-

A TV tira o meu sono e faz-me lembrar das coisas que nós falamos sem pensar, naquela tarde, naquela mês.
Lembra? você tentou desistir de tudo. Penso em tudo e não durmo, quando tudo que eu quero é acordar pra sempre com você.

3 comentários:

  1. Cara, você escreve MUITO. Como pode? [a] <3

    ResponderExcluir
  2. nossa, muito bom, muito bom mesmo.

    ResponderExcluir
  3. ta, desculpa se eu não tenho esse poder ok?

    ResponderExcluir