quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Le Lundi.

O outono estava no fim e o primeiro riso daquela manhã rompia pela janela do quarto da frente, abafado pelo travesseiro, rolando simultaneamente com a queda da última folha restante das árvores da pacata rua 22.
O menino procurava nos olhos dela algum brilho especial, mas este não havia. Ele procurava alguma forma, algum sentimento diferente. Medir sentimentos e atitudes nunca fora especialidade dele, mas ele agora parecia ser doutor naquela arte que era se esconder.

-
Mr. Confusion, make a move.
-

- Queria ficar contigo, nem que fosse só pelo tempo de uma canção, mas acho que tu ficaria entediada.
- Eu não me importaria de ouvir a mesma música pra sempre.
- Mesmo se fosse um interlúdio?
- Que fosse sem fim então.

Não se sabe por que ela o beijou, mas aconteceu e eles foram felizes, pelo menos enquanto a música durou.

Um comentário:

  1. @camilakalel ->>> pow esse fico bonito brother !!! \o/

    ResponderExcluir